Envie uma mensagem :

© 2017

Gastrite

O que é? Causas? Tratamento e Orientações

Sua endoscopia mostrou que você tem gastrite?

Gastrite é uma área de inflamação no estômago, ela pode causar nenhum ou muito poucos sintomas, embora algumas pessoas experimentem sintomas como indigestão, náuseas, dores no estômago, sensação de inchaço após comer.

A gastrite pode ser aguda (com ataques graves com duração de dias) ou crônica (com perda de apetite a longo prazo ou náusea). Algumas formas, incluindo gastrite atrófica crônica, têm sido associadas a um risco aumentado de câncer de estômago.

A gastrite pode ser leve a intensa e pode afetar uma pequena área do estômago até a maior parte dele.  É descrita nos laudos de endoscopia, por exemplo, com termos como gastrite enantematosa (vermelhidão no estômago) ou erosiva (pequena feridas rasas em parte do estômago)

Como surge a gastrite?

Seu estômago normalmente produz ácido para ajudar na digestão dos alimentos e este ácido é corrosivo. Normalmente há um equilíbrio entre a quantidade de ácido que você faz e a barreira de defesa mucosa. Gastrite pode se desenvolver caso ocorra uma alteração neste equilíbrio, permitindo que o ácido danifique o revestimento do estômago.

Sintomas de gastrite

  • Perda de apetite

  • Dor na parte superior do abdome

  • Náusea ou indigestão

  • Soluços

  • Vômito

  • Perda de peso

Causas de gastrite

É comumente causada por um bactéria que vive no estômago chamada Helicobacter pylori (H. pylori).

Pode também ser causado pelo cigarro ou excesso de álcool. Outras causas podem ser o uso de Anti-Inflamatórios não Esteróides (AINEs), tais como ibuprofeno, diclofenaco, naproxeno ou aspirina, por refluxo biliar crônico, radiação, alergia alimentar, doenças autoimunes, etc.

Infecção pelo Helicobacter pylori


A bactéria Helicobacter pylori provoca gastrite e também é responsável pela maioria das úlceras pépticas. A úlcera péptica é um buraco no revestimento do estômago ou duodeno. A bactéria H. pylori é um fator que contribui no desenvolvimento do câncer de estômago. 

As bactérias vivem no revestimento do estômago e os produtos químicos que produzem causam irritação e inflamação.  O tratamento inclui uma combinação de diferentes antibióticos, seguido por testes para se certificar de que a medicação funcionou.

Quais são as possíveis complicações da gastrite?

Gastrite geralmente se resolve sem quaisquer complicações. Ocasionalmente, a gastrite pode se transformar em úlcera de estômago. Também pode ocorrer sangramento no revestimento do estômago e provocar anemia.


Diagnóstico de gastrite


Diagnóstico de gastrite envolve uma variedade de testes, incluindo:

  • Endoscopia - um tubo flexível fino equipado com uma pequena câmera que permite ao médico olhar para o revestimento do estômago. Se a mucosa gástrica estiver avermelhada ou com feridas, isso pode indicar gastrite. Uma biópsia é necessária para confirmação.

  • Biopsia - pequenas amostras de tecido são colhidas durante uma endoscopia e testadas em laboratório. O patologista vai procurar mudanças, incluindo a presença de células inflamatórias e a bactéria H. pylori.

Tratamento para gastrite


O tratamento para gastrite deve incluir:

  • Identificar a causa - uma vez que a causa é identificada, os passos podem ser tomados para evitar a exposição. Por exemplo, se o álcool está provocando a inflamação, você pode parar. 

Se a sua gastrite é causada por H. pylori:

Se esta infecção não for eliminada, a gastrite é provável que volte depois de parar de tomar a medicação de supressão do ácido. Antibióticos são necessários para tratar o H. pylori. Além disso, você precisa tomar um medicamento para reduzir o ácido do estômago. Isso é necessário para permitir que os antibióticos funcionem bem. Se a bactéria H. pylori é eliminada, a chance de uma úlcera no estômago voltar é muito reduzida. 

Se a sua gastrite é causada por um medicamento anti-inflamatório

Se possível, você deve parar o medicamento anti-inflamatório. Isso permite a cura da gastrite. Você também deverá utilizar medicamentos para suprimir o  ácido durante várias semanas.  No entanto, em muitos casos, o medicamento anti-inflamatório é necessário para aliviar os sintomas de artrite ou outras condições dolorosas, ou então a aspirina é necessária para proteger o coração. Nessas situações, uma opção é utilização contínua do medicamento para reduzir o ácido. 

  • Medicação - comprimidos estão disponíveis para reduzir o teor de ácido nos sucos gástricos. Você pode precisar tomar esses medicamentos por algumas semanas ou meses, dependendo da sua situação.

  • Modificações dietéticas - como limitar ou evitar álcool e cafeína, que pode irritar o revestimento do estômago.

  • Nenhum tratamento - muitas vezes a gastrite é encontrado por acaso durante uma endoscopia. Se o H. pylori não estiver presente e não houver outras características observadas na biópsia, geralmente não há necessidade de tratar a gastrite.

O que fazer para ajudar no tratamento

  • Tente uma dieta com baixo teor de gordura - evite frituras ou embutidos (salsicha, salame, mortadela)

  • Evite alimentos ricos em corantes e conservantes

  • Condimentos como pimenta, tempero pronto, mostarda, ketchup

  • Reduza a cafeína - café, chá preto, refrigerante de cola

  • Evite frutas ácidas como laranja, limão, abacaxi, maracujá

  • Coma pequenas refeições com mais frequência e não coma muito rapidamente

  • Reduza o excesso de peso, se necessário

  • Não fume. Evite o álcool

  • Tente evitar o estresse